family

Amizade no Facebook

Publicado em 11/12/2017 por Jornal Valor Econômico

 

O Tribunal Regional do Trabalho (TRT) do Rio de Janeiro entendeu que o simples fato de adicionar pessoas no Facebook, por si só, não evidencia a existência de amizade íntima.

 

A decisão é da 3ª Turma, que acolheu a preliminar do recurso de um trabalhador. Ele alegou que a decisão de primeiro grau cerceou seu direito de defesa ao indeferir o depoimento de uma testemunha, que comprovaria os fatos narrados na inicial.

 

Com a decisão, o processo (nº 0011365-97.2015.5.01.0058) retornará à vara de trabalho para reabertura da instrução processual, com a oitiva da testemunha.

 

O trabalhador foi admitido em 2013, como assessor de relacionamento júnior, pela empresa IFP Promotora de Serviços de Consultoria e Cadastro. Alegando dispensa imotivada em 2015, ajuizou reclamação trabalhista com vários pedidos, entre os quais indenização por dano moral por ofensas praticadas pelo superior hierárquico.

 

Para comprovar o dano, o ex-empregado indicou uma testemunha. No entanto, o depoimento desta foi indeferido pelo juiz que proferiu sentença, argumentado que existiria uma relação de amizade entre a testemunha e o trabalhador em uma rede social (Facebook).

 

Fonte: http://www.valor.com.br/imprimir/noticia/5223331/legislacao/5223331/destaques

Voltar

Busca

Últimas Notícias

Jan 18, 2018

post Bens doados devem ser trazidos à colação pelo valor atribuído no ato de liberalidade
Ver mais...

Dez 14, 2017

post Cláusula de tolerância no setor imobiliário
Ver mais...

Dez 14, 2017

post Amizade no Facebook
Ver mais...

Algum problema ou dúvida legal? Agende uma consulta!